terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Fome



Para vencer a fome do mundo, duas coisas são necessárias: Fraternidade e combate ao desperdício.

Dilermartins.




Imagem by Google

6 comentários:

Chica disse...

Sabedoria purinha,Dilermano! abração,chica

Mimirabolante disse...

Realmente.....o desperdício é um mal terrível..........Confesso que já desperdicei muito,porém,chega um determinado momento que vc amadurece e começa a repensar as suas atitudes.....tenho sido mais criativa na cozinha em função de evitar que qq coisa vá para o lixo........\sempre dei o que sobrava,agora,além de dar,recrio......bjcas

Marco disse...

Esse post não dá nem pra comentar, afinal, quanto lixo produzimos diariamente, justamente por causa do desperdício?
Grande abraço

J.F. disse...

Diler, verdades tão fáceis de serem entendidas por muitos, mas praticadas por tão poucos. Que falta que nos fará a Dra. Zilda Arns, uma praticante da fraternidade e que sabia, como ninguém, utilizar-se de vegetais desperdiçados, para a preparação de alimentos sadios para crianças desnutridas! Quanta criança foi salva da morte com solução tão simples e tão humana.
Abração.

Francisco Sobreira disse...

Concordo inteiramente com você, Dilermano. Mas eu queria me referir, especialmente, à sua postagem anterior. Nunca tinha ouvido falar desse Vivien. De fato, uma lição de vida que ele deu para todos os semelhantes que ainda sofrem por ser negros e pobres. Mas deve-se louvar também o médico, que o ajudou muito. Muito bom você ter nos contado essa exemplar história, de um homem exemplar. Um abraço.

Patricia Daltro disse...

Perfeita conclusão. E uma equação tão simples e tão difícil de ser montada. E, é fácil culparmos governos e/ou a "entidade sobrenatural", chamada sociedade, somos nós os responsáveis, pelo problema e consequentemente, pela solução.