quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Ditos Populares( Dicas do Prof. Pasquale)



A gente pensa que repete corretamente os 'ditos populares'



Recebi por email, gostei e compartilho, se você lembra algum escreva no comentário.



No popular se diz:
'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro'
"Minha grande dúvida na infância....
Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???"
Correto:
'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'
"Tá aí a resposta para meu dilema de infância!" EU NÃO SABIA. E VOCÊ?



Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.'
Enquanto o correto é:
' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.'
"Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?"
Tudo bem eu era uma malinha!



'Cor de burro quando foge.'
O correto é:
'Corro de burro quando foge!'
(burro fugitivo, provavelmente correndo feito louco)
"Esse foi o pior de todos!
Burro muda de cor quando foge???
Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor???"
Eu queria porque queria ver um burro fugindo para ver a cor dele! Sério!



Outro que no popular todo mundo erra:
'Quem tem boca vai a Roma.'
"Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que
quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!" O correto é: 'Quem tem boca vaia Roma.'
(isso mesmo, do verbo vaiar).



Outro que todo mundo diz errado,
'Cuspido e escarrado'
- quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. "Esse... Sei lá!"
O correto é:
'Esculpido em Carrara.'
(Carrara é um tipo de mármore)


Mais um famoso....
'Quem não tem cão, caça com gato.' "Entendia também, errado, mas entendia!
Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, quando quer e se quer, mas vai que o bicho tá de bom humor!"
O correto é: 'Quem não tem cão, caça como gato.... ou seja, sozinho!'

4 comentários:

Chica disse...

Bem legais!abração e tudo de bom,chica

Francisco Sobreira disse...

Caro Dilermano,
Dessas eu só sabia do mármore em Carrara. Agora, eu tenho uma pra você, mas que, talvez, você saiba. Aquele dito, "Domingo, pé de cachimbo". O certo é "Domingo pede cachimbo". O verbo pedir, no caso, com o significado de ser apropriado,e cachimbo no de descanso (se possível, estirado numa rede, risos)). Muito boas essas dicas que me ensinaram a dizer corretamente essas expressões populares tão antigas. Um abraço.

Taty e Ana disse...

Adoreiiiiiiiii...até anotei para não pagar mais mico!
Bom, mas qualquer coisa...vai a receita: Não fale ditos populares!
Melhor não dar sorte ao azar, né!
ana laura

Dalva disse...

Pasquale sempre nos chamando a atenção para os pequenos detalhes que passam desapercebidos... adorei!

Bjs.