quarta-feira, 30 de junho de 2010

Palavras Mil 17ª Edição


Quero transformar a participação desta semana em pequena homenagem ao grande palhaço da minha infância, aquele que soube como poucos, juntar o cômico e trágico:




Carlitos


Alegria palhaço!
Na cor, no riso, na dor...
Esconde o lasso...

Créditos:
Projeto: Palavras Mil
Imagem: Site Olhares

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Piada de Segunda (parte 62)

Rua 25 de Março!




Um cara engravatado entra na lojinha do Salim, na Rua 25 de Março, e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em ganchos e o chão de tacos de madeira sem polimento.
O Salim se irrita com o desprezo do sujeito e resmunga:
-Está olhando feio bro lodjínia de Salim burquê? Com este lodjínia, Salim tem abartamento na Guarujá, tem casa na Búzios, casa na Cambos da Jordão, tem casa no Riviera da Zão Lorenço, tem abartamento no Beirute, tem filho estuda medicina no Estados Unidos, tem filha estuda moda na Baris, tudo só com lodjínia!
O sujeito vira e diz:
- O senhor sabe quem eu sou?
Eu sou fiscal da Receita Federal!
- Muito brazer! Eu Salim, maior mentiroso do 25 de Março!


Créditos:
Autor desconhecido...
Imagem by Google.

sábado, 26 de junho de 2010

Vuvuzela Virtual




Toque a sua AQUI

terça-feira, 22 de junho de 2010

Palavras Mil 16ª Edição





Futebol



Bola menino,
Nubla a miséria, dribla...
Sonha destino!

Projeto: Palavras Mil
Imagem: Olhares

.
                                      1º Lugar - Palavras Mil 16 ª Edição

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Piada de Segunda (parte 61)

O Marido Perfeito!!




Um grupo de homens está na sauna, quando o celular começa a tocar:



- Alô!
- Querido?
- Sim, querida.
- Está na sauna?
- Estou.
- Sabe o que é? Acabaram de me telefonar dizendo que aquela bolsa
que eu havia ficado na fila de espera para comprar chegou, posso comprá-la?
- Quanto custa esta bolsa?
- Quase 3.000... Na verdade, 3.800 Reais...
- Humm..., está bem. Compre.
- Ah, que ótimo! Outra coisa... Acabei
de passar em frente da concessionária BMW e vi o modelo novo do meu carro.
É fantástico! Falei com o vendedor e ele me disse que posso trocar pelo meu
por um preço bem camarada...
- Quanto é esse preço camarada?
- Meu amor, são 130.000 reais!
- Bom, estamos com algum dinheiro sobrando neste momento, então ok.
Mas por esse preço, quero que venha com todos os opcionais.
- Pode deixar! E olha, antes de desligar só mais uma coisinha.
- O que?
- Hoje de manhã, eu passei naquela loja de decoração que vimos na
revista e que tinha aquela sala de jantar que ficaria maravilhosa na nossa
casa, lembra? Pois acredite... eles estão em liquidação e têm a sala para pronta entrega!!!!
- E quanto é que custa essa sala?
- Meu querido, perto de 40 mil Reais!
- Bom, pode comprar, mas não pague mais do que isso.
- Está bem, meu amor. Obrigada!!! Então, um beijo.
- Outro, até logo.
Ele desliga o telefone e pergunta aos outros amigos da sauna:
- Ôôô pessoal, alguém sabe de quem é este celular?????????



Créditos:
Texto de autor desconhecido
Imagem do Google

sábado, 19 de junho de 2010

Carta de Amor





Verinha,



À tarde comum de verão se fez especial, única; saia xadrez, cabelo loiro, olhar profundo... Na angústia de querer-te fiz-me música pra te encantar e dançamos!


Como um vulcão, ardemos em paixão e com a larva e as cinzas que sobraram, fertilizamos a vida, construímos um jardim...


Andamos de mãos dadas pelo nosso jardim, contornamos vales e montanhas, atravessamos rios, retiramos espinhos e polimos pedras, mas acima de tudo plantamos flores!


Flores com seus botões, que hoje, enchem nosso caminho de cores e perfumes e que nos dão à certeza de que um dia, quando partirmos, um pouco de nós ficará testemunhando nosso amor.


Obrigado querida, por dançar comigo no grande salão da vida e antes que a música acabe te peço:


Concede-me a honra da próxima dança...













sexta-feira, 18 de junho de 2010

A Voz Que Se Cala...

Os esquecidos estão mais esquecidos...



quinta-feira, 17 de junho de 2010

quarta-feira, 16 de junho de 2010

by César Elias





Há 20 anos uma idéia uniu o erudito com o popular e levou aos cidadão uma degustação do encato das poesias.
É para mim genial tornar úteis aqueles minutos eternos em que, amontoados e dependurados, esperamos com a cabeça cheio o destino chegar.

Eu leio sempre, e critico, claro... às vezes tolos, noutras complexos demais... mas sempre um encato em meio a dura realidade.


Poetas de plantão, AFIEM-SE!!!

Logo estarão abertas as inscrições no site da SMC de Porto alegre.
E esse ano haverá um publicação de todos os poemas inscritos em um site específico.


Quem sabe não nos encontramos em uma janela qualquer??


segunda-feira, 14 de junho de 2010

Piada de Segunda (parte60)



UMA QUESTÃO DE PRIORIDADE

Uma senhora bem idosa estava no convés de um navio de cruzeiro segurando seu chapéu firmemente com as duas mãos para não ser levado pelo vento.
Um cavalheiro se aproxima e diz:
- Me perdoe senhora... Não pretendo incomodar, mas a senhora já notou que o vento está levantando bem alto o seu vestido?
- Já, sim, mas é que eu preciso de ambas as mãos para segurar o chapéu.
- Mas, senhora.... A senhora deve saber que suas partes íntimas estão sendo expostas!
- Disse o cavalheiro.
A senhora olhou para baixo, depois para cima, e respondeu:
- Cavalheiro qualquer coisa que o senhor esteja vendo aqui em baixo tem 85 anos.
O chapéu eu comprei ontem!

Créditos:
Autor desconhecido
Imagem daqui
 

sábado, 12 de junho de 2010

Palavras Mil 14 ª Edição


Post a foto em seu blog, obrigatoriamente com o link do site
Palavras Mil
não nos responsabilizamos por problemas posteriores;
• Escreva de forma narrativa, descritiva ou dissertativa acerca da foto apresentada.
• Coloque o link de seu texto nesse tópico ou deixe como comentário nesta postagem;
• As notas serão postadas no Photobucket por categoria.
• O prazo vai até sábado (12/06) às 20h, e no domingo sai o resultado com a nova foto/tema.
• A lista dos participantes da semana será apresentada após o término do prazo de entrega.





Nossa participação para essa edição:

        Foto retirada Hi5

Fim de Curso

Passara a manhã quase toda caminhando em busca de um motivo, um objeto, um modelo, uma foto afinal! Faltavam apenas dois dias para a data de entrega do trabalho de conclusão do Curso de Fotografia e ainda não tinha uma foto que respondesse a todas as dicas do mestre; enquadramento, flash necessário, flash desnecessário, cuidados com o fundo, aproveite a luz, experimente...

Sentou, cansado e desanimado, automaticamente começou a analisar o quadro em frente: A rua, os prédios em perspectiva, a riqueza de detalhes das fachadas, as árvores margeando o passeio, a variedade de luzes e sombras. Sua cabeça fervilhava de idéias, mas faltava algo, algo que realmente o motivasse, surpreendesse e respondesse plenamente sua busca.

Ia levantar para continuar a caçada, quando um pequeno automóvel parou bem a sua frente, o motorista saltou e enfiou-se dentro do capô, parecia estar sendo tragado pela boca de um terrível monstro de lata, a porta lateral abriu-se e uma noiva ameaçou descer, mas se conteve com ar aborrecido... Era isso! Ali estava o modelo, o motivo que buscava, que dava àquela esquina comum um momento único, mágico, digno de ser aprisionado para sempre pelo olho de sua objetiva.

Sacou a máquina da bolsa, ajustou-a, apontou e apertou o gatilho... O ruído característico do obturador foi o sinal de alívio. Finalmente tinha sua foto!

Saiu a passos lentos, feliz, perguntando-se: “Quem é maluco de conduzir a própria noiva num carrinho que pifa a qualquer hora”?


segunda-feira, 7 de junho de 2010

Piada de Segunda (parte59)

HOSPITAL PSIQUIÁTRICO - O teste da banheira.




Durante a visita a um hospital psiquiátrico, um dos visitantes perguntou ao diretor:
- Qual é o critério pelo qual vocês decidem quem precisa ser hospitalizado aqui?
O diretor respondeu:
- Nós enchemos uma banheira com água e oferecemos ao doente uma colher, um copo e um balde e pedimos que a esvazie. De acordo com a forma que ele decida realizar a missão, nós decidimos se o hospitalizamos ou não.
- Ah! Entendi. - disse o visitante. Uma pessoa normal usaria o balde, que é maior que o copo e a colher.
- Não! - respondeu o diretor - uma pessoa normal tiraria a tampa do ralo. O que o senhor prefere? Quarto particular ou enfermaria?





Nota: Dedicado a todos os leitores que escolheram o balde...


Autor desconhecido.
Imagem daqui.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Palavras Mil 13ª Edição

      • Post a foto em seu blog, obrigatoriamente com o link do site,  Palavras Mil, não nos responsabilizamos por problemas posteriores;

• Especial: Meio Ambiente
Como no dia 05/06 comemora-se o dia do Meio Ambiente faremos essa edição especial. Leia a fotografia e escreva o que lhe convir seja de forma descritiva, narrativa, poética ou dissertativa.
• Coloque o link de seu texto nesse tópico ou deixe como comentário nesta postagem;
• As notas serão postadas no Photobucket por categoria.
• O prazo vai até sábado (05/06) às 20h, e no domingo sai o resultado com a nova foto/tema.
• A lista dos participantes da semana será apresentada após o término do prazo de entrega.



     Nossa participação na 13 ª Edição:
         


             Foto retirada do Vi.Sualize.Us


Será o Homem, a doença da Terra?

E, se for, tem cura?

Planeta Doente


Pós hecatombe,
Vida, morte e ferida!
Homem, alombe!