terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O quarto branco, botão vermelho




Olho o BBB 24hs. sempre, desde o número um, adorava a Leka e seu xixi anunciado. –“Ai, gente , vou fazer xixi”. Dizia. Deu Bamba, parabéns pra ele, principalmente porque soube o que fazer com a grana, segundo o Globo Repórter. Por falar em Globo, sou fã, outro dia li um comentário de como o cinema brasileiro tem produzido bons filmes, em parte graças à Globo, digo eu.
Voltando ao BBB, em respeito aqueles que não gostam, detestam, odeiam o programa, prometi não escrever sobre o tema, mas o Quarto Branco, me colocou na parede.
Sobre a edição do programa, tão criticada, costumo dizer que o editor não tem como publicar nada que o participante não tenha dito ou feito, assim tenho sempre defendido as edições.
O Quarto Branco me deu uma lição, me fez ampliar o conceito sobre as edições: Se por um lado o editor não pode publicar nada que o participante não tenha dito ou feito, por outro pode sonegar coisas ditas ou feitas e assim proteger um participante.
Foi bem o caso ontem: A edição mostrou o “Frank” ensinando exercícios de Yoga na tentativa de “salvar “ o Leo, deixou de mostrar o “Newtontonpressionando o companheiro que ele mesmo, havia botado naquela situação. -“Eu já passei oito dias na solitária, quando estava no Exército”.
Pra terminar, se o tal de “Newtonton” tivesse um décimo da moral que ele exigiu da Ana Carolina, teria apertado o botão vermelho no mesmo momento em que as regras do "buraco branco" foram explicadas.

4 comentários:

Patricia Daltro disse...

Concordo com tudo que você escreveu. Só não coloco o Ralf como o anjinho protetor do Leo, porque, assistindo o vídeo, e lendo as entrelinhas do que foi dito, me parece que ele também contribuiu muito para a saída do rapaz.
Mas, o fundamental é que se Newton fosse pelo menos mais homem do que diz ser, tinha apertado o botão antes dele.

Vanessa disse...

Eu tb sempre assisti , mas este ano estou tentando parar, sabe? :-). Ainda estou na ignorância e feliz!

abraço

Moça da Lampada disse...

Pai..tu escreveu sobre o BBB??? Não acredito..isso me deixou muito surpresa..mas o que me deixou chocada foi a revelação da solitária no tempo do quartel...quem diria...cada vez acredito mais na tua frase.."a fruta não cai longe do pé"...Bjão saudades

Moça da Lampada disse...

ERRATA
Após reler a postagem (e falar com a minha mãe), devo corrigir o meu último comentário, onde falo sobre a solitária ...afinal havia entendido que o meu pai, O arteiro, (que não serviu a pátria amada) teria passado oito dias na solitária...confesso que me sinto bem melhor neste momento.