segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A morte de patriarca (parte 3) - Ketchup assassino


A morte do patriarca(parte3)
O Ketchup assassino


…Estou aqui de passagem, sei que adiante um dia vou morrer
De susto, de bala ou vício, de susto, de bala ou vício
(versos da canção Soy Loco Por Ti, América – Gilberto Gil/Capinam)


Os versos são perfeitos e encerram muita verdade! Mas, isso para nós pobres mortais!
Personagem é diferente! Quem manda é o autor, depende da trama e algumas vezes do IBOPE. Lembro de que Zélia costumava pedir pela vida de alguns personagens de Jorge, mas em vão…Personagem que tem que morrer…Morre!
Pois, foi assim com Afonso Lambertine, em Na Cor do Pecado, levou um tiro do Toni. Já Omar Pasquim , em Cobras e Lagartos, levou tiro de Leona. Agora Gonçalo Fontini, em A Favorita, morreu de susto! Susto da Flora, de camisola branca lambuzada de Ketchup! Certamente o autor João Emanuel, quis variar a receita.
Resultado: Queda na audiência…Bem feito! Da próxima vez deixe o patriarca em paz!
Até porque, não ia pegar bem o patriarca morrer de vício!

4 comentários:

Meiroca disse...

qdo estive no Brasil em agosto, vi alguns capitulos da novela a Favorita, que eu insistia em dizer a Preferida...e sinceramente...nao gostei...

Meire

Cinira disse...

ADOREI!!!! aquela do katchup realmente foi pra matar...heheheh Bjsss

Patricia Daltro disse...

Rapaz, que coisa estranha foi aquilo? Nunca tinha visto nada tão trash na tv! Não sabia se ria, mudava de canal ou chorava...

Kenia Mello disse...

O povo sempre quer sangue, verdade seja dita. ;)