sexta-feira, 5 de junho de 2009

Nostalgia?







Outro dia estive numa agência do Banco onde trabalhei por 35 anos e 27 dias. Fiquei observando, como resta pouca gente conhecida…Alguns foram transferidos, os que tinham tempo, como eu, aposentaram-se, já outros, infelizmente, partiram…Dá uma certa nostalgia…Abracei os antigos colegas e voltei para a Chácara! Nostalgia, eu? Ora…
Inquieto, não aceitei o título de aposentado; passei de bancário à aprendiz de agricultor e pecuarista e postulante à escritor nas horas vagas(a madrugada com chimarrão), assim, sem olhar para trás, nós, eu e Verinha, vamos comandando o Show da Chácara! Sim, isso aqui é um verdadeiro espetáculo, temos um pomar de goiabas com duzentas árvores, esse ano plantamos 1000 mudas de morangos e 1 quilo de sementes de ervilhas e ainda cultivamos uma horta para consumo próprio. Animais, temos bois, ovelhas, coelhos, patos, galinhas , cães e gatos. Não é uma Show?
Assim, não temos saudades, temos, isso sim, uma nova vida cheia de sonhos, desafios, surpresas, problemas, soluções, alegria, tristezas, como a vida deve ser, ocupada!

7 comentários:

Patricia Daltro disse...

Ai que delicia de chácara! Marido também sonha com uma chácara/sítio quando nos aposentarmos.
Confesso que meu lado urbano fala alto...

Cinira disse...

Pai

Mais uma vez entre tantas, recebo uma lição pelo exemplo...
Mudar de vida não é fácil, mas com certeza é compençador...Eu aqui na angustia de estar prestes a viver um marco de mudanças radicais na minha vida...ler esse texto é um balsamo...Glória a Deus!!

Bjss

Simplesmente Ariana disse...

E quanto mais ocupações tivermos, tanto melhor, assim não paramos para pensar nas mazelas da vida.
Adorei saber da sua chacara, deve ser um show mesmo morar lá.
Diler, na verdade passei aqui para pegar o endereço do vídeo do Prates pra usar no meu post de hoje.
Não sei por que, acordei de veia atravessada e fiz omeu primeiro texto falando de política.
Ah, estou de casa novo. O Perfume será desativado. Agora o endereço é esse do Simplesmente Ariana.

Beijos!

César Elias disse...

Eu realmente te admiro, mestre ARTeiro , pela eterna inquietação... fazendo planos (e os mudando!) na proporção quadrada do infinito, deixando de lado a inércia e tentando colocá-los em prática. Mostrando que a vida acaba quando cessam os sonhos, e que o bom de viver é encontrar novo desafios e encará-los dia após dia, ao lado de quem se ama!
Grande abraço! ...estou esperando as goiabas para negociar na capital!! $$$$ :)

maria Olivia disse...

Querido Arteiro!!Quando o dia termine,quarda por teu maior prêmio a consciência tranquila,com a invariàvel disposiçâo de viver,cada dia,reconhecendo que tudo na vida depende inteiramente de Deus,mas na certeza de que o trabalho em tuas mâos depende unicamente de ti. (Emmanuel) bjssss Lili

Max disse...

Diler,

Que maravilha de nova vida, ein? Amei o Chácara Show :D!

1000 mudas de morangos? Mmmm...que delícia!
Pelo que leio, a tua nova vida pode ser lucrativa...enquanto lia o teu texto só pensava em negócios lol...

Mas ainda bem ques estás feliz, Diler: fico felicíssima por ti e pela Verinha :D!

Um abraço e viva a vida!

Regina Elias disse...

Cada dia que passa louvo novamente a Deus por meu filho ter encontrado esta família, liderada por uma pessoa como tu, Dilermno, com esta sensibilidade toda, com esta garra infinita, com a eterna vontade de se renovar renovando o dia a dia e ao lado desta rainha que é a Vera. Deus permita que nossos filhos sigam o exemplo de vocês e façam sempre como Cinira citou:se energisem com este exemplo para buscarem sempre os próprios sonhos...Um grande abraço.