sábado, 9 de maio de 2009

Procura-se um autor(parte 5)


Salve esse conteúdo do anonimato...

A PEDRA


O distraído nela tropeçou.

O bruto a usou como projétil.

O empreendedor, usando-a, construiu.

O camponês, cansado, dela fez assento.

Para meninos, foi brinquedo.

Drummond a poetizou.

Já David, matou Golias.

Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura.

E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem.

Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.

5 comentários:

César Elias disse...

se a vida só te da pedras, junte-as num lata e terás um chocalho!... e se continuarem as pedras, junte-as num monte, sente-se nelas e descanse... mas siga em frente, pois é no meio delas que se encontram os diamantes.
P.S: Gostei do tradutor! agora os netos americanos terão acesso ao blog! :)

SERGIO SILVEIRA DE AZEVEDO disse...

Passando para agradecer a visita no meu Blog e vlw pela sugestão de postar musicas gauchas no meu Blog em breve estarei fazendo postagem de letras de musicas Tradicionalistas.Abração e um ótimo Fim de Semana para vcs.

Cristiane Marino disse...

Oi

Quando encontramos pedras em nossos caminhos tudo depende do nosso ponto de vista para decidirmos o que fazer com ela.

**Não lembro se já te avisei que indiquei um selinho no meu blog para vc.

bjos

Max disse...

Diler,

Verdade, verdadinha...a pedra (sob as suas várias formas) é um forte instrumento de desenvolvimento pessoal. Muitas vezes quando a temos na "mão" é quando acreditamos mais no nosso potencial (aquele bichinho latente, que esperava ser acordado a qualquer momento).

Muito bom!

Um abraço

Christian disse...

Autor: ANTONIO CARLOS VIERA